Arquivo de Manchetes

O banditismo e as leis anti-armas na Jamaica: um caso próximo ao do Brasil

O Verdadeiro Lobby Por Trás do Desarmamento Civil no Brasil: O Lobby da Submissão

Estado Colapsante: Sequestrador Foge de Batalhão de Choque da Polícia Militar Pela a Porta da Frente e Três Dias Após Denúncia dos Planos de Fuga

Sinal de vida inteligente em Brasília!
Supremo Tribunal Federal derruba proibição de registro de armas
Presidente do Supremo:"Bandido não compra arma em loja".

Eta terrinha de bosta. Veja qual é a última no Rio...
Polícia da Barra da Tijuca persegue "segurança fora de controle".
Numa terra onde o principal problema é a violência fora de controle, a polícia da Barra, pra garantir seu monopólio do bico armado, começará a perseguir a segurança privada de condomínios fechados. E esse papo surge durante grande aumento da criminalidade no bairro. Perseguir os que somente se defendem com armas é ótimo: eles não reagem e tem dinheiro. Que vergonha... Leia você mesmo o artigo do Globo.com pra acreditar.

Se você já achava o José Dias o fim da picada, preparesse...

José Gregori é o novo Ministro da Injustiça.

O ex-secretário federal de "direitos humanos" defende no mínimo 2 anos de prisão pra qualquer civil que use uma arma na interrupção de um estupro, assassinato, sequestro ou assalto. A vida de todo civil brasileiro ficaria na mão de policiais e seguranças pagos. Leia mais sobre esta figura aqui.


O Ministro da Injustiça Justiça, José [Úlitmos] Dias, perdeu a cabeça (o juízo não, pois isso ele nunca teve):

"Cadeia é algo absolutamente anacrônico". Ele defende "liberdade assistida, como forma de incentivo".


Você gosta de longas explicações pra violência fora de controle? Que tal essa: impunidade! Nessa terrinha pode tudo!

Canadense autuado por lesão corporal, atentado ao pudor e invasão de domicílio não é preso.


Suter: Viva Rio tem acessado o SINARM em Brasília; dados correm risco de publicação.

Primeiro o ISER (ISER e Viva Rio são um só, dividindo até endereço e diretor executivo) teve acesso aos arquivos do DFAE fluminense, que foram informatizados com a "ajuda" do instituto. Agora o ataque é a nível federal.


Você decide se o desarmamento das vítimas tem algo remotamente a ver com o combate da violência...

"O melhor método pra se combater a violência é proibir a venda e o uso de armas".

O autor destas palavras, que também está propondo a confiscação das armas registradas (sob pena de prisão para os desobedientes), assinou, junto com o presidente da república, decreto libertando milhares de presos país a fora. E o "melhor método" acima descrito não se aplica aos membros do governo, que continuarão armados, obviamente-- ou você acha que eles apoiariam uma lei que os desarma?


O que? Será que ouvi bem?

Ministro da Justiça: "Não é justo que o honesto pague o pato"

Calma lá, proprietários legais de arma! O ministro se referia aos viajantes, que serão alvo de um sistema nascido nos tempos da ditadura que monitorava entradas e saídas do país e que será ressuscitado por este governo ditatorial democrático. O sistema mostrará "a vida pregressa do passageiro" para "identificar os crimes em que o passageiro já esteve envolvido". Se você for um sequestrador internacional, será a sua chance de receber um tratamento VIP como sinal de gratidão pela sua visita. Na área das armas, o governo alega negociar com o Congresso pra livrar colecionadores, esportistas e caçadores do roubo legal das armas. Para àqueles que acreditam nessa: faltam 5 semanas pra chegada do Papai Noel! Leia mais sobre essa farsa aqui.


"Quem tem Globo, Tem Tudo", incluindo ação policial jamais vista pelo resto da população.

PM paga pela Net prende, sem fiança, dona de casa que teria roubado sinal de T.V. à Cabo.

Uma cilada legal raramente vista e usada na apreensão de ladrões de carro, toca-fitas, traficantes de drogas e armas, assaltantes de ônibus, etc, foi usada por PM's pagos pela Net para colocar na cadeia, sem fiança, uma dona de casa que, segundo a polícia, teria aceito uma instalação ilegal de T.V. a cabo.

Parece uma boa pré-estréia de como será a vida quando o governo tiver o monopólio da defesa pessoal armada: notável ação policial para àqueles pagando enquanto o resto da população se afoga num mar de sangue.


Três dos que seguiam leis anti-armas no cinema morreram; chegou a hora de punir os sobreviventes.

Resposta dos anti-armas à chacina do MorumbiShopping: Vamos desarmar mais gente!

Anti-armas se reúnem com F.H. para tentar levar adiante plano de proibição e de confisco das armas legais pagando U.S.$90/arma; pediram a remoção do relator da lei do desarmamento, Alberto Fraga, pois ele é contra essa farsa.

Se você quer manter suas armas legalmente, faça Brasília ouvir seu descontentamento AGORA!!!




retornar